Dicas

Avaliação de desempenho dos funcionários: saiba como fazer

abril 2, 2018
Líder realizando avaliação de desempenho com seu funcionário
Tempo de leitura 7 min

Quem é o principal responsável pelo sucesso da sua marca?

A resposta para essa questão provavelmente envolve diversas variantes, mas os profissionais escolhidos para fazer parte da sua empresa certamente são fundamentais para definir a eficiência dos seus produtos e/ou serviços na sua área de atuação.

Para garantir que toda a equipe dê conta de realizar as tarefas designadas no dia a dia do negócio, é preciso fazer a avaliação de desempenho dos funcionários. Neste artigo, você vai entender o que é essa metodologia, quais são as principais técnicas de avaliação e como aplicá-las da melhor forma possível na rotina do seu empreendimento.

Vamos começar?

O que é avaliação de desempenho?

Trata-se de uma forma de medir o comportamento e o desempenho dos colaboradores a partir dos aspectos comuns entre eles. Com essa medida, fica fácil acompanhar a evolução individual ou até mesmo o desenvolvimento do trabalho coletivo.

Mediante a avaliação de desempenho, é possível identificar as melhores características, habilidades e competências dos funcionários. Assim, o gestor é capaz de reconhecer e analisar os pontos fracos e fortes de cada integrante para ajudá-los a melhorar o que for necessário.

Quais são os principais tipos de avaliação de desempenho?

Existem diversas técnicas para avaliar a performance dos colaboradores. Entre as principais, podemos destacar:

  • avaliação por competência: analisa-se o conjunto de habilidades, conhecimentos e pró-atividade do funcionário ao realizar determinada atividade;
  • observação de comportamento: avalia comunicação, pontualidade e relacionamento com a equipe e com os demais colegas da organização;
  • identificação de pontos fortes e fracos: descobre pontos fortes e fracos a fim de destacar os pontos fortes e melhorar (ou eliminar) os pontos fracos;
  • conversas individuais: verifica a evolução individual do colaborador;
  • avaliação por objetivos: a própria equipe avalia o desempenho de cada integrante. Assim, o próprio colaborador fica sabendo, pelos seus colegas de trabalho, quais características precisam ser melhoradas;
  • avaliação atrelada a custos: descobre qual é o custo-benefício que o funcionário está proporcionando ao negócio, fazendo um comparativo com o quanto a empresa gasta para mantê-lo;
  • autoavaliação: o próprio colaborador deve reconhecer o que faz bem e o que precisa ser melhorado para se tornar um profissional mais efetivo e competitivo;
  • avaliação por incidentes críticos: registra situações em que o funcionário agiu muito bem ou muito mal. Essa avaliação deve acontecer exatamente no momento em que ocorre algo relevante.

Como fazer a avaliação de desempenho?

Avaliar o desempenho geral da empresa e de cada profissional que faz parte dela é um trabalho bastante complexo. Por conta disso, é bom se atentar a certos detalhes e particularidades. Veja a seguir algumas dicas que podem ajudar você nessa empreitada:

 

Registre todos os acontecimentos

Na hora de avaliar o desempenho dos colaboradores, é comum esquecer alguns temas relevantes. Mesmo que se avalie assuntos descritos em uma planilha, de acordo com a técnica escolhida, alguns detalhes e acontecimentos podem ser esquecidos.

Para evitar que isso aconteça, é importante deixar registrado todos os dados e informações importantes (tanto favoráveis quanto desfavoráveis) em relação a cada profissional avaliado, além da empresa como um todo.

Por exemplo: antes de preencher todos os campos de determinado colaborador na sua avaliação de desempenho, consulte o que foi anotado para constatar se não houve nenhum comportamento impróprio (como o não cumprimento das normas da empresa) ou se ele fez um grande feito (como uma venda acima da média).

 

Conheça métodos de comunicação e feedbacks

A avaliação de desempenho é um processo que vai muito além de um simples preenchimento de documentos e planilhas. Para que a medida seja efetiva, é preciso avaliar os efeitos antes e depois de cada avaliação aplicada.

O ideal é que os administradores da empresa, gestores de RH e outros profissionais responsáveis pela aplicação de cada avaliação e dos feedbacks para os colaboradores estejam com um estilo de comunicação alinhado aos objetivos da empresa. Além disso, é preciso que as expectativas e resultados das avaliações de desempenho sejam comunicadas de forma objetiva, pessoalmente e de modo que todos os funcionários consigam entender o processo com facilidade.

É preciso, também, que haja um sistema de feedback efetivo para que cada um consiga entender o resultado da sua avaliação. Dessa forma, os funcionários conseguirão usar as informações para melhorar o seu desempenho e crescer junto com a empresa.

 

Faça comparativos com o planejamento

Para que a avaliação de desempenho dos funcionários seja efetiva, é fundamental que ela esteja atrelada ao planejamento estratégico da empresa.

Por exemplo: se as metas do empreendimento forem impulsionar as vendas em 25% no próximo mês, é importante checar a performance individual dos vendedores, verificando se a meta não foi atingida porque a maioria não vendeu como deveria ou se somente alguns não obtiveram bons resultados.

Assim, é possível analisar, de forma individual, a razão de cada um ter se saído bem ou mal nas vendas, aprimorando as estratégias da equipe e evidenciando a necessidade de cada um com capacitações/treinamentos e supervisão periódica do gestor responsável.

 

Faça uma pesquisa de satisfação de clientes

Atualmente, um dos principais desafios das organizações é descobrir o nível de satisfação dos clientes em relação aos atributos fundamentais para o desenvolvimento do negócio, como qualidade, atendimento, preço, inovação, mix de produtos e fidelidade.

Para isso, incorpore esse tipo de pesquisa na sua gestão para gerar maior segurança na condução de ações e projetos das equipes, estimulando a força de atendimento e de vendas para satisfação dos clientes. Assim, será possível garantir o compartilhamento das informações sobre o comportamento do público-alvo com todos integrantes da empresa.

A partir do momento em que sua marca aumenta a qualidade do atendimento, significa que ela compreendeu e mediu os efeitos que os diversos tipos de comunicação têm sobre seus clientes. Esse tipo de procedimento já é tendência no meio corporativo, pois contribui diretamente para a aceleração e para o crescimento do negócio.

 

Utilize os resultados obtidos no Mystery Shopping para melhorar suas vendas

Mystery Shopping, também conhecido como cliente misterioso ou comprador espião, refere-se a uma técnica utilizada pelas empresas para retratar essa poderosa ferramenta, que foi desenvolvida com a intenção de melhorar o desempenho de vendas.

Por intermédio dessa tecnologia, empresas do varejo e serviços conseguem verificar a qualidade do atendimento e obter informações significativas no relacionamento, além de avaliar anonimamente o armazenamento dos produtos, as instalações, a qualidade percebida no atendimento do cliente ou qualquer outro ponto que achar necessário.

Para que esse tipo de avaliação funcione corretamente, sua equipe de vendas precisa ter um perfil específico, com características físicas e comportamentais compatíveis com o segmento de mercado a ser analisado.

Além disso, é essencial ser paciente, cuidadoso e agir com naturalidade ao se misturar com os demais clientes, a fim de não levantar suspeita alguma. Somente dessa forma será possível ajudar a empresa a avaliar o atendimento dos pontos de venda, trazer mais qualidade no contato com os compradores, melhorar a performance de vendas e o relacionamento com os clientes.

Esse post ajudou você a entender como dar início à avaliação de desempenho dos seus funcionários? Então aproveite para acompanhar outras dicas de gestão nas nossas redes sociais: estamos no Facebook, no LinkedIn e no Instagram!

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário