Customer Experience

Gestão de pessoas: como diminuir o turnover da sua empresa?

novembro 1, 2017
gestao-de-pessoas-como-diminuir-o-turnover-da-sua-empresa.jpg
Tempo de leitura 3 min

Saber como diminuir o turnover é uma das principais tarefas para a correta gestão de pessoas. Esse indicador-chave de desempenho representa o percentual de pessoas que deixam o quadro de um funcionários em determinado período, pelos mais diversos motivos.

Até certo ponto, o turnover é considerado natural e, inclusive, contribui para que haja uma competitividade saudável e renovação de ideias na empresa. Porém, quando elevado, representa custos desnecessários, perda de competitividade e de talentos para a concorrência.

Pensando nisso, criamos este guia para te orientar em como diminuir o turnover da sua empresa e garantir que os profissionais talentosos fiquem por muito mais tempo com você. Continue lendo e fique por dentro do assunto. Boa leitura!

Aprimore o processo seletivo dos colaboradores

Selecionar as pessoas certas é o primeiro passo. É certo que muitos colaboradores, mesmo recém contratados, permanecem por pouco tempo na empresa. Há dois principais motivos para isso: ou não entregam ou resultados desejados ou não se adaptam à cultura organizacional.

Independentemente do caso, é preciso conduzir a seleção pensando no C.H.A. de cada profissional — ou melhor, o conjunto dos seus conhecimentos, habilidades e atitudes. Uma boa contratação não depende apenas do profissional de RH, mas também do envolvimento de cada líder de equipe.

Possibilite o crescimento interno

Parte dos profissionais que deixam uma empresa o fazem porque receberam melhores propostas da concorrência. Isso aliado à falta de perspectiva de crescimento interno pode ser um grande motivo para a evasão e perda dos melhores talentos.

Uma ótima dica é criar um plano de carreira que possibilite o crescimento dos profissionais de acordo com o tempo na companhia e resultados entregues em cada período. Para que haja uma percepção maior de crescimento, é possível dividir cada cargo em: júnior, pleno e sênior.

Ofereça benefícios complementares

Todo colaborador tem uma necessidade básica: a segurança. Por esse motivo, é importante oferecer bons benefícios, mas é preciso ir além dos que já são obrigatórios (FGTS, décimo-terceiro, férias etc.). Existem muitos outros, inovadores, que podem ser usados.

Além dos benefícios financeiros — bonificação, comissão, participação nos lucros etc. É possível destacar aqueles não financeiros, como: almoço com o CEO, com o líder, com a equipe, dia de folga remunerada (dia do aniversário), viagem de incentivo, premiação em bens, vaga exclusiva na garagem e vale cultura. Defina o que melhor se adequa ao perfil do time de funcionários e à verba disponível.

Otimize a comunicação interna

A falta de comunicação é um dos maiores motivos para a ocorrência de acidentes, erros, bem como para a existência de conversas paralelas. Tudo isso prejudica o clima organizacional, tornando o ambiente de trabalho mais propício à ocorrência de conflitos interpessoais.

Então é preciso implementar ferramentas que facilitem o diálogo, levando a mensagem com eficiência do emissor ao receptor. É possível citar murais de recados, aplicativos mobile, redes sociais corporativas. Também é preciso que o líder da equipe se comprometa com o assunto.

Invista em cliente misterioso

O cliente misterioso (ou cliente oculto, como também é conhecido) pode ser os olhos e ouvidos do gestor em cada ponto de venda. Como é impossível estar em todos os lugares ao mesmo tempo, é importante contar com pessoas treinadas para analisar aspectos de atendimento, visuais e operacionais.

Essa técnica pode ser usada para identificar as melhores práticas dos funcionários, para então reconhecê-los e compensá-los, criando assim um forte senso de meritocracia. Dentre as recompensas, é possível destacar a viagem de incentivo ou bonificação financeira, por exemplo.

Veja, agora você está por dentro do assunto! Aproveite para aplicar nossas dicas e otimizar sua retenção de talentos, garantindo a redução do seu índice de turnover. Tenha objetivos claros sobre o assunto, garantindo que a companhia (ou departamento) melhore cada vez mais.

Gostou do conteúdo? Já sabe com diminuir o turnover? Agora, conheça as principais métricas que podem ser usadas para bonificação dos funcionários. Vamos lá!

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário