Customer Experience, Dicas

3 exemplos de como usar tecnologia no ponto de venda

novembro 21, 2018
tecnologia no ponto de venda
Tempo de leitura 3 min

A tecnologia é um grande diferencial para qualquer negócio preocupado com a experiência do cliente. Vários são os cases de sucesso de empresas que alavancaram o número de vendas ao investir na modernidade nos pontos de venda (PDV). Os recursos tecnológicos são muito relevantes para a criação de um elo forte com o público.

Entretanto, mais importante do que sair por aí gastando com produtos high tech é saber exatamente o que fará sucesso com o público do segmento, ou seja, quais atitudes e novidades devem ser escolhidas para satisfazê-los por completo.

Quer conquistar os clientes com recursos tecnológicos? Inspire-se em nossos três exemplos de como usar tecnologia no ponto de venda e prepare-se para criar sua própria estratégia!

A importância de se manter atualizado

Em muitos casos o PDV representa o primeiro ponto de contato de um cliente com uma marca, sendo a oportunidade perfeita para que a empresa se apresente e conquiste-o de vez.

Mesmo em situações nas quais o cliente já conhece o negócio, manter o PDV bem alinhado auxilia a criar experiências positivas, que façam com que ele queira voltar mais vezes. Como se não bastasse, esse cliente ainda pode virar uma espécie de agente de divulgação da marca para amigos e familiares.

Um PDV moderno é capaz de instigar pessoas e aumentar o tempo de permanência na loja, gerando um conhecimento profundo a respeito dos produtos e serviços oferecidos. Consequentemente, isso também faz aumentar as chances de se fechar uma venda.

Investir em tecnologia para o PDV, assim, é essencial para quem quer antecipar tendências de mercado e sair na frente dos concorrentes, despertando sensações mais profundas até mesmo nos clientes mais exigentes.

Três exemplos de como usar tecnologia no ponto de vendas

1. Natura

Uma das principais apostas da Natura para conquistar o cliente no PDV foi investir em interatividade. A marca optou por colocar telões com touchscreen em suas lojas para que os próprios clientes tivessem acesso ao catálogo e pudessem ver de perto características, reviews e fichas técnicas mais facilmente.

Os totens interativos, assim, auxiliam os vendedores a criar uma experiência mais lúdica e interessante para quem entra no PDV, fazendo com que o interesse nos produtos oferecidos aumente.

2. Brasil Brokers

Antecipando tendências do mercado e buscando investir em novas tecnologias, a Brasil Brokers, corretora de imóveis, optou por oferecer a seus clientes a possibilidade de realizar um tour 3D e captação de imagens por drones. Isso permite que se antecipe o design do local antes mesmo de ser comprado ou alugado.

Além disso, os corretores da empresa permanecem ligados nas mensagens de WhatsApp enviadas pelos clientes, que são recebidas por um sistema CRM, tirando dúvidas e dando explicações com um simples clique de vídeo.

3. Myer

A Myer, loja de departamento dos Estados Unidos, se juntou ao eBay, gigante no mercado de vendas online, para oferecer aos clientes da marca acesso a seus produtos por meio de realidade virtual, fornecendo uma experiência de compra inovadora para eles.

Com um óculos especial para a realidade aumentada, o comprador pode ter acesso aos itens com apenas um olhar. O sistema entende as preferências da pessoa e disponibiliza produtos que tenham a ver com ela à medida que passa mais tempo utilizando-o.

Agora que já entendeu como usar tecnologia no ponto de venda, que tal compartilhar este texto em suas redes sociais? Divulgue essas inovações para seus amigos!

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário